SER IRMÃ BENEDITINA

Ironide Pereira Nunes, OSB

 

Ser uma irmã beneditina é, na realidade,

Ser uma cristã de verdade.

 

Ser beneditina é saber inclinar o ouvido do coração

Para escutar os preceitos do mestre e executar com Gratidão.

 

Ser beneditina é suas próprias vontades renunciar

E com as poderosas armas da obediência sob o Cristo Senhor militar.

 

Ser beneditina é estar de olhos abertos para a luz que nos divinizará

E ouvir de ouvidos atentos a voz do Espírito Santo que nos instruirá.

 

Ser beneditina é saber correr em quanto tem a luz da vida

E não deixa que pelas trevas seja envolvida.

 

A beneditina tem paixão pela vida de oração

E sabe viver em união com Cristo e com toda irmã e irmão.

 

A beneditina sabe viver numa comunidade comprometida

Com a busca de Deus durante toda sua vida.

 

A beneditina pede com o coração insistente

Que tudo de bom que fizer

Seja realizado, por Deus plenamente.

 

A beneditina volta-se para Cristo num constante crescimento

Esvazia de si mesma para que haja um desprendimento.

 

A beneditina responde o chamado de Deus numa estável comunidade

Desenvolvendo seus dons e doando sua vida a serviço da unidade.

 

A beneditina vive com as irmãs em todo o tempo e lugar

Crescendo no amor e reverência mútua para Cristo adorar.

 

Portanto, ser beneditina é ter estabilidade

No compromisso com Deus e com a comunidade.

Obedecendo a Cristo e as irmãs com fidelidade.